Tudo sobre música, leitura e opinião de qualidade
Translate blog
Fãs do Facebook

Redes Sociais




Seguidores do Google

Seguidores diHITT

Total de visualizações
  • 34255Total de leituras:
  • 6Leituras de hoje:
  • 26Leituras de ontem:
  • 102Leituras da semana passada:
  • 202Leituras por mês:
  • 22136Total de visitas:
  • 6Visitas de hoje:
  • 26Visitas de ontem:
  • 94Visitas da semana passada:
  • 193Visitas por mês:
  • 13Média de visitas por dia:
  • 0Visitantes que estão online:
Nossos Parceiros
Faça parceria conosco!


Calendário
dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Bunda mole da semana

Esta seção do blog é especialmente voltada para as gororobas românticas que temos que ouvir hoje em dia.

Se nos anos 80 ouviamos grandes canções de amor como Me Chama, Menina Veneno, Nada Por Mim, Romance Ideal; E nos anos 90 ouviamos Bem que se quis, O Chamado, Mentiras, Saber Amar…

Agora o que somos obrigados a ouvir:

FREJAT – Só Você

Retomando a seção de bunda moles do cenário musical, num misto de tristeza e desolação trago a tona um cara que um dia já foi um dos maiores expoentes do rock brasileiro, e que hoje em dia é apenas mais um cantor pop romântico mediano.

Ele mesmo: Frejat, o cara que já compôs clássicos absolutos do rock n’ roll brasileiro, como os discos Carnaval, Supermercados da Vida e Carne Crua e que trocou a carreira magistral e respeitosa do Barão Vermelho para ser uma espécie de Fábio Junior do pop rock brasileiro.

Aí que saudades do tempo que ele com o Barão fazia cover de “Amor meu grande amor” da Ângela Rô Rô ou ainda cantava a excelente Por você do álbum Puro Êxtase.

Só a nível de observação, o último álbum de estúdio do Barão foi em 2004 depois disso os integrantes em suas carreira solos praticamente decretaram o fim da banda.

Confira abaixo a insossa versão de Só você do Fábio Junior:

 


Restart – Te levo comigo (que diarréia que me deu)

Imagine tudo de ruim que pode ter na cena rock n’ roll concentrado apenas numa única banda:

Se você pensou no Restart, acertou!

Emos no som como CPM22, NX Zero e Fresno, a única “inovação” desta banda é seus vestuários coloridos como se fossem poeira cósmica do que sobrou da New Wave dos anos 80.

Numa letrinha chocha, com um violão mediocre levando a música e no refrão onde a banda tenta salvar as coisas tentando engatar uma guitarra base a la Richie Sambora, o que ouvimos é 3:26 agonizantes de música.

Então eles com toda honra e mérito são os Bunda Mole da Semana!

 

 


Luan Santana – Tudo que você quiser – (chora bebezão)

O grande mapa da mina da música brasileira atualmente é pegar um garotão boa pinta estilo americano, politicamente correto e de origens caipiras para deixar as mulheres do Brasil inteiro em estado de transe, e todo mundo lucrar em cima delas: Emissoras de TV e Rádio, Gravadoras, sem contar que a música destes artistas embalam trilhas sonoras de novelas ajudando – as alavancar sua audiência.

Mas na verdade esta grande sensação do sertanejo (breganejo) não passa de um grande paumolescente musical que não tem nada a oferecer nem pra música e nem pro sertanejo, pois sertanejo pra mim de respeito é o feito por Chitãozinho e Chororó, Gian e Giovanni e Christian e Ralf e seus antecessores.

Se está de acordo comente ou compartilhe nas redes sociais, se discorda, tente defendê-lo (se isso for possível mesmo)