Tudo sobre música, leitura e opinião de qualidade
Translate blog
Fãs do Facebook

Redes Sociais




Seguidores do Google

Seguidores diHITT

Total de visualizações
  • 34255Total de leituras:
  • 6Leituras de hoje:
  • 26Leituras de ontem:
  • 102Leituras da semana passada:
  • 202Leituras por mês:
  • 22136Total de visitas:
  • 6Visitas de hoje:
  • 26Visitas de ontem:
  • 94Visitas da semana passada:
  • 193Visitas por mês:
  • 13Média de visitas por dia:
  • 0Visitantes que estão online:
Nossos Parceiros
Faça parceria conosco!


Calendário
dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

O submundo glamouroso do rock

Aqui é a seção do blog especialmente para o rock alternativo, mas o que é rock alternativo?

São artistas e bandas experimentais e psicodélicas onde o foco deles não é ser 1° lugar da rádio ou em vendas, e sim em fazer o som que querem, sem intervenção de gravadoras e imprensa, um som que tenha uma magnitude maior e acrescentadora ao rock.

Podemos dizer que a primeira banda alternativa do rock foi o Velvet and the underground (liderada por Lou Reed), depois vieram Stooges, MC5, Sonic Youth, Pixies, Jesus and Mary Chain e por diante.

Tenha certeza absoluta que o que ouvirá e verá aqui, não toca na sua rádio preferida de rock.

Apreciem sem moderação!

Morrissey – Alma Matters

Essa canção é do excepcional álbum Maladjusted, sexto álbum de estúdio solo do cantor Britânico Morrissey. Foi lançado em Agosto de 1997 tendo atingido a 8ª posição nos tops do Reino Unido. Teve como singles “Alma Matters”, “Roy’s Keen” e “Satan Rejected My Soul”.

Um disco emotivo, intenso e intimista no talo da alma, na época de seu lançamento, Morrissey disse que em Maladjusted ele tinha dado o melhor dele como cantor e compositor.

E realmente é um dos seus melhores álbuns da carreira e que muito o simboliza como cantor e poeta no rock mundial, estatus que o acompanha desde os primórdios do The Smiths.

Esse álbum só não alçou voos maiores, pois no cenário inglês o Oasis tinha lançado o Be Here Now e ainda tinha a explosão do The Verve com o disco Human Hymns.

Confira então logo abaixo o vídeo clipe oficial dessa grande canção:

Continue lendo a postagem


PJ Harvey – A Place Called Home

Taí um monstro no melhor sentido da palavra do rock feminino que deveria falar mais vezes no blog.

Tida como a grande voz e artista do rock alternativo entre as cantoras de rock, PJ Harvey tem a crueza de Patti Smith fundido no lado camaleônico de David Bowie.

Ela mesma diz que de um álbum anterior para o próximo sempre procura se reinventar, sem soar como uma cópia ou repetição do que fez no passado.

Sua carreira começou com a sonoridade o mais distorcida possível, passou pelas nuancias do blues, folk e pop até chegar ao estilo medieval, jazz e percussão.

Lógico que considerando toda a sua carreira teve os discos que se destacaram mais, como:

 

  • Rid of me (1993)
  • Stories from the city, stories from the sea (2000)
  • A woman a man walked by (2009)

O que posso garantir a vocês é que com a PJ Harvey não tem disco ruim, todos são de uma grande riqueza musical.

Confira abaixo então um dos seus maiores sucessos em vídeo clipe

Continue lendo a postagem


Pixies – Debaser (Official Video)

O Pixies é uma banda norte americana oriunda de Boston, formada em 1986 por Black Francis (vocal e guitarra base), Joey Santiago (guitarra solo) Kim Deal (baixo e backing vocal) e Dave Lovering (bateria). Em 2013 Kim Deal deixa o grupo e a baixista Paz Lenchantin assume o contra baixo.

Grande influência de bandas do grunge como o Nirvana e Pearl Jam e também da mega banda alternativa Smashing Pumpkins, o Pixies é uma referência absoluta no rock alternativo.

Apesar de possuir apenas um hit radiofônico (here comes your man), o Pixies tem um público consolidado na Europa ficando entre os primeiros lugares com o disco BossaNova (1990) nas paradas britânicas.

A canção de hoje é do disco clássico da banda chamado Doolittle, consagrado entre a crítica e o público.

Na temática das canções, as letras são baseadas em OVNI’s, surrealismo, instabilidade mental e referências bíblicas.

Confira então Debaser um dos maiores petardos rocker da banda:

Continue lendo a postagem


Sonic Youth – Sunday

Está não é a primeira e mais velha banda de rock alternativo, mas é a soberana absoluta da vertente.

Todas as bandas dos anos 80 e principalmente dos anos 90 beberam da fonte do Sonic Youth.

Psicodélico ao extremo, eles elevam a música a outro patamar dos ditos estilos convencionais do rock como o heavy metal, o punk, o gótico, hard rock…

A crueza dos riffs e a esquizofrenia dos solos de guitarras fazem a pessoa que ouve Sonic Youth adentrar outra  dimensão.

Sinta isso com os seus ouvidos, com essa canção de 2004.

 

Continue lendo a postagem


SUEDE – ANIMAL NITRATE – (LIVE IN PARIS 2013)

suedeO Suede é um quinteto inglês formado em 1989 e que lançou o seu primeiro disco em 1993 com o nome homônimo da banda.

O Suede ajudou a solidificar o movimento do rock inglês dos anos 90 chamado britpop, que tem como o seus grandes representantes o Oasis e o Blur.

Vale lembrar que o Pai absoluto do britpop são os Stone Roses uma banda que beira a genialidade do seus irmãos americanos do Sonic Youth.

Continue lendo a postagem


Radiohead Idioteque (best live version)

Do disco Kid A do ano de 1999, quando o mesmo foi lançado deixou o mundo boquiaberto e pasmo.

Pois até então o Radiohead vinha de três álbuns de linha comercial, conquistando as rádios de todo o mundo com o terceiro álbum, Ok Computer de 1997, que tinha clássicos absolutos como Karma Police, No Surprises, Paranoid Android, além de pérolas como Exit Music, Let Down, Lucky.

Em Kid A o Radiohead assumia a postura de maior e mais expressiva banda de rock alternativo inglês, o que se confirmou no disco seguinte, Amnesiac de 2001 e dali por diante o Radiohead foi o grande ícone e referencial de tudo que era feito em termos de rock alternativo, estando um patamar acima de Smashing Pumpkins, Garbage e Placebo, e fazendo bandas indies como The Strokes e Arcade Fire comer poeira em termos de criatividade e psicodelia.

Se você conhece essa banda só pelas canções imortais Creep e Fake Plastic Trees, está mais do que na hora de acessar o YouTube e ver a extensa discografia e shows memoráveis deles ao longo da carreira, posso garantir a vocês que será uma viagem que valerá muito a pena!

Continue lendo a postagem


PJ Harvey e Thom Yorke – This mess we’re in

Um encontro memorável de dois ícones do rock alternativo: PJ Harvey e Thom Yorke (vocalista e lider do Radiohead).

Um lindíssimo dueto de vozes embalados por guitarras densas e de extrema melodia, confiram:

Gostou? Esteja a vontade para comentar e dar sugestões sobre o seu artista ou banda alternativa preferida.