Tudo sobre música, leitura e opinião de qualidade
Translate blog
Fãs do Facebook

Redes Sociais




Seguidores do Google

Seguidores diHITT

Total de visualizações
  • 34255Total de leituras:
  • 6Leituras de hoje:
  • 26Leituras de ontem:
  • 102Leituras da semana passada:
  • 202Leituras por mês:
  • 22136Total de visitas:
  • 6Visitas de hoje:
  • 26Visitas de ontem:
  • 94Visitas da semana passada:
  • 193Visitas por mês:
  • 13Média de visitas por dia:
  • 0Visitantes que estão online:
Nossos Parceiros
Faça parceria conosco!


Calendário
dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

PopMania

Aqui você verá as cantoras que realmente são as melhores da Pop Music e que fazem toda a diferença no cenário musical

New Order – True Faith (1987) [OFFICIAL MUSIC VÍDEO]

Quem diria que o New Order é o filho de uma das bandas mais sombrias do mundo, mesmo tendo um som tão alegre e alto astral?

Para quem não sabe, o New Order surgiu dos remanescentes do Joy Division, banda que teve uma carreira de apenas 3 anos e que acabou com o suicídio de Ian Curtis.

Ian Curtis, por sinal é reverenciado e considerado grande influência por Morrissey e Siouxie Sioux.

Já o New Order, conseguiu conciliar de forma única gêneros totalmente opostos entre si, no caso o rock, o pop eletrônico e a dance music.

De longe, é a banda mais animada do anos 80 em termos de som.

Nos clipes daquela década, o New Order tentava passar como conceito a revolução cultural e tecnológica por qual o mundo passava.

Confira abaixo então um de seus clássicos absolutos:

Continue lendo a postagem


Portishead – Roads

A banda foi formada em 1991  mas lançou o seu primeiro álbum apenas em 1994.

Numa mescla de música eletrônica, pop, gótico e resquícios da melodia do jazz, o Portishead é o maior representante do gênero chamado trip-hop do qual temos também o Morcheeba e Massive Attack como outros grandes expoentes.

Apesar de ter quase 30 anos de carreira, a banda possui apenas 3 álbuns, do qual conseguiram mesmo assim construir uma discografia coesa, inspirada e autentica em relação aos diversos artistas da cena musical atual.

Sempre há rumores da gravação do seu esperado quarto álbum, mas a banda enquanto isso apenas faz turnês e shows ao vivo.

Confira abaixo a versão ao vivo e orquestrada de Roads, gravada no seu DVD ao vivo em Nova York.

Continue lendo a postagem


Lana Del Rey – Summertime Sadness

Considero ela a grande revelação da música pop desde o fenômeno musical chamado Adele.

Cantora de músicas introspectivas, densas e melancólicas, Lana Del Rey diz ter sua grande influência de cada genero musical, citando nomes como Elvis Presley, Nina Simone, Billie Holiday, Janis Joplin, Amy Winehouse, Nirvana, Lou Reed…

Apesar de ser uma mulher extremamente bonita (trabalha também como modelo fotográfica) o que mais encanta no seu trabalho é as produções cinematográficas de estilo retrô, fazendo clara referência as décadas de 50 e 60 com o glamour decadente da Hollywood dos anos 40.

Enfim, uma cantora que sabe a medida certa de talento e charme sem apelar para vulgaridades a la Lady Gaga e Rihanna.

Neste post você confere e ouve o grande sucesso de seu segundo álbum, entitulado  Born to Die, do ano de 2012 que chegou ao topo das paradas no iTunes em 18 países.

Continue lendo a postagem


Amy Winehouse – Back to Black

amy-winehouse“Amy foi a última cantora que trazia a a raiz e essência da velha escola da música negra.

Além disso, foi e ainda é a grande expoente da soul music contemporânea, que hoje é muito bem conduzida por Adele e Joss Stone.

Sua voz passeava entre os diferentes estilos musicais, da Soul Music, passando pela elegância do Jazz culminando na ginga e boa vibração do reggae.

Pena que sua vida foi curta e intensa, certa vez Lobão disse que Jimi Hendrix seria considerado um sacristão perto dos excessos de Amy.

Excessos esses que só traziam mais potencia e beleza a sua voz e interpretações memoráveis”.

Continue lendo a postagem


Adele – Hello

Adele é sempre Adele e bem acima das demais cantoras da chamada Pop Music quando resolve falar sobre amor.

Mesmo com uma letra simples, que fala de uma mulher após anos de ruptura do relacionamento querendo conversar sobre tudo que deu errado com quem foi o seu grande amor, a emoção que transmite na voz, seja no refrão ou nos versos / partes cantados em repetição, ali você sabe que não é uma música qualquer de mais uma cantora qualquer cheias de aparatos de marketing para alavancar a música no primeiro lugar na Billboard

Trata – se de uma música e um cantar de talento indescritível e que beira a beleza de harpas de arcanjos.

Continue lendo a postagem…