Cultura de Atitude

Tudo sobre música, leitura e opinião de qualidade

Translate blog

Fãs do Facebook

Redes Sociais




Seguidores do Google

Seguidores diHITT

Total de visualizações

  • 34269Total de leituras:
  • 1Leituras de hoje:
  • 19Leituras de ontem:
  • 105Leituras da semana passada:
  • 216Leituras por mês:
  • 22149Total de visitas:
  • 1Visitas de hoje:
  • 18Visitas de ontem:
  • 96Visitas da semana passada:
  • 206Visitas por mês:
  • 14Média de visitas por dia:
  • 0Visitantes que estão online:

Nossos Parceiros

Faça parceria conosco!


Calendário

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Garbage – Version 2.0 (1998)

garbage_2.0

Como primeiro disco internacional a passar pelo crivo crítico do nosso blog eu poderia ter escolhido algum disco clássico do grunge ou do britpop para ser comentado e postado, mas como um fã ávido de rock alternativo e por ter uma grande relação sentimental com essa banda, resolvi então escolher o Version 2.0, segundo álbum da carreira do Garbage.

 

Para quem não conhece a banda, vou dar um leve parecer sobre a mesma. O Garbage é uma banda norte – americana formada em 1994 pelos integrantes e super produtores Duke Ericson (guitarra, teclado e piano), Stevie Marker (guitarra, contrabaixo e teclado), Butch Vig (bateria, samplers e loops) sendo este produtor de bandas como Nirvana, Smashing Pumpkins, Sonic Youth, Foo Fighters, entre outros, completando a banda com a vocalista.Shirley Manson, uma escocesa ruiva de olhos verdes e vocal grave.

Continue lendo a postagem…


Adriana

 

Esta singela letra /ou poema eu fiz em homenagem a Adriana Calcanhotto, poetisa da mpb e uma das cantoras com a voz mais doce e suave que o Brasil tem, é lindo ver ela interpretando canções de Tom Jobim e Vinicius de Moraes ou cantando ao lado de Maria Bethânia. Segue abaixo a composição:

ADRIANA
DOS SEUS OLHOS ESCORREM
ROSAS BRANCAS DE LEVE DOR
ENXUGA ESTE PRANTO
DOS DESCAMINHOS QUE DECORREM
DE TODO O SEU AMOR

ADRIANA
SUA PUREZA SOPRA AO LONGE
COMO UMA BRISA DO MAR
SUAVE E SINGELA COMO SUA VOZ
ACALMA MINHA ALMA DE TANTO AMAR
E VAI DE ENCONTRO A MINHA FOZ

ADRIANA
O SEU TANTO SOFRER
NÃO DÓI EM MIM
PELO CONTRÁRIO ME ALIVIA
DO MEU MASCULINO PADECER
QUE SÓ CURA COM SUA ALEGRIA

ADRIANA
TU ÉS COMO O SOL
NO MEU HUMANO E SINCERO PESAR
DE QUEM AMA NEM SEMPRE
É IGUALMENTE AMADO
MAS NEM POR ISSO DEIXO DE SONHAR…

Autor: Vagner Faustino Fernandes

Marina Lima – Maneira de Ser

marina lima

Dona de uma discografia musical invejável e também a primeira cantora e compositora popular brasileira que fez mpb e rock n’ roll andar lado a lado, podemos dizer que nos anos 80 e 90 Marina Lima teve o mesmo significado para o Brasil que a Madonna tem para o mundo, exagero isso? Com certeza não.

 

Ao longo de sua carreira, suas canções sempre foram o auto retrato falado de sua vida e suas vivências, mas essa sua primeira obra como escritora não vem a tona para dizer somente quem é Marina Lima e sim acima de tudo dizer como a Marina Lima enxerga a música e a cultura brasileira, o que ela pensa sobre a união legalizada de homossexuais, a propagação da internet como meio de comunicação e interação entre as pessoas ou sobre a presença marcante das drogas na sua geração musical.

Continue lendo a postagem…


Cazuza – Ideologia (1988)

Album_Ideologia

Quando vemos os jovens de hoje que querem algo melhor do que o Emo ou o Happy Rock, muitos deles vão em busca dos artístas do rock dos anos 80, é assombroso o tanto de pré adolescentes que endeusam e idolatram Renato Russo e o seu grupo Legião Urbana, mas pouquíssimos destes mesmos jovens conhecem a obra do igualmente poeta e grandioso Cazuza que sem sombra de dúvidas foi a grande voz da década de 80.

Artista de vida boemia, que se dizia bissexual, grande parceiro de Lobão em composições musicais e em uso de entorpecentes e que assumiu publicamente em 1989 que era soropositivo do HIV (falecendo no ano seguinte aos 32 anos de idade) ele começou sua carreira musical como vocalista do Barão Vermelho onde emplacou sucessos como Pro dia nascer feliz, Bete Balanço, Ponto Fraco, Por que a gente é assim, Maior Abandonado, outras canções que tiveram menos destaque mas de grande qualidade e valia também como Down em Mim, Blues do Iniciante, Todo amor que houver nesta vida.

Continue lendo a postagem…


Lobão 50 anos a mil

lobão

Ele deixa roqueiros radicais inconformados quando menospreza o estereótipo do rock brasileiro dizendo ser um artista de música popular brasileira, irrita bossa – novistas quando diz que ouvir Bossa Nova é tocar punheta de pau mole, tamanho o tédio e o marasmo de ouvir um ritmo tão desestimulante e que só continua sendo moderno para os norte – americanos.

 

Pra quem começa a ler o livro e espera um Lobão rebelde e dilacerador desde pequeno supreende – se com o filho frágil que possui uma mãe super protetora a ponto de deixá-lo muitas vezes sufocado e de pagar mico diante de colegas de escola, quando ainda criança ganha sua primeira bateria e a primeira música que tira por completo no instrumento é nada mais nada menos que Imigrant Song do lendário Led Zeppelin, ou seja ser músico era um destino já traçado na vida dele.

Continue lendo a postagem…


A fome dos que não passam fome

Recentemente estamos acompanhando mais uma greve de professores em São Paulo de tantas outras que já tivemos.

A fome dos que não passam fome

A população que vê de fora tem uma visão de que eles são totalmente vítimas de um sistema que desde Prefeitura até Governo e União que não faz questão nenhuma de adotar uma política séria de incentivo a educação.

Para que o jovem tenha vontade de aprender não só para ter um emprego mas também para ser um profissional de sucesso e destaque, enfim, ter o seu lugar ao sol.

Muito pelo contrário o governo com bolsas reclusão, bolsas crack e a mídia disseminando goela abaixo o funk através de novelas e programas dominicais, incentiva o jovem a querer ser bandido e malandro e ganhar o seu sustento neste tipo de vida.

Continue lendo a postagem…


Vermelho Carmim

 

AMORES SEM FIM  
VEM EXALTAR E DESABAR
NAS ESTRADAS DENTRO DE MIM
 
BRISA CADENTE E MORNA  
MOSTRA TODA A PAZ
QUE VEM A MIM E TORNA
 
ESTE VERMELHO CARMIM
DE SEUS LÁBIOS CARNUDOS  
PODE SER QUE ASSIM
A TONA BEIJOS ENSANDECIDOS  
 
ESTE SOL DOURADO DE AMOR
AZUL DE CONFIANÇA
NEUTRO DE TEMOR
 
DÁ UM COLORIDO AO CÉU
A IMPULSIONAR SONHOS
A CAIREM EM NÓS COMO VÉU
 
ESTE VERMELHO CARMIM
DE SEUS LÁBIOS CARNUDOS  
PODE SER QUE ASSIM  
A TONA BEIJOS ENSANDECIDOS
 
PAZ A ILUMINAR  
SONHOS, RAZÃO DE SER
EMOÇÕES, MOTIVOS DE VIVER
E LOUVAR E AMAR…

 

Autor: Vagner Faustino Fernandes