Tudo sobre música, leitura e opinião de qualidade
Translate blog
Fãs do Facebook

Redes Sociais




Seguidores do Google

Seguidores diHITT

Total de visualizações
  • 34255Total de leituras:
  • 6Leituras de hoje:
  • 26Leituras de ontem:
  • 102Leituras da semana passada:
  • 202Leituras por mês:
  • 22136Total de visitas:
  • 6Visitas de hoje:
  • 26Visitas de ontem:
  • 94Visitas da semana passada:
  • 193Visitas por mês:
  • 13Média de visitas por dia:
  • 0Visitantes que estão online:
Nossos Parceiros
Faça parceria conosco!


Calendário
dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

pink floyd

Pink Floyd – Wish You Were Here (Pulse Live – HD)

Banda lendária do rock dos anos 60 e pioneira do rock progressivo.

Podemos dizer que o Pink Floyd fez melodia e arte ter a mesma concepção de significado.

A música é a faixa titulo do nono álbum da banda e sucessor do consagradíssimo Dark Side Of The Moon.

Trata – se de um disco muito pessoal para os integrantes sendo que boa parte das músicas são dedicadas e inspiradas em Syd Barrett (vocalista da primeira formação da banda)

A música é de 1975, mas é uma faixa atemporal e muito executada nas rádios de todo mundo até os dias atuais.

Confira a versão ao vivo deste grande clássico do rock na turnê do Pulse em 1994.

Continue lendo a postagem


Os 5 melhores discos de rock internacional de 2014

Lenny Kravitz – Strut (nota: 9,5)

A mistura perfeita de funk americano com rock nas guitarras, baixo na linha de soul / funk music e uma bateria que traz o elo perdido de rock e pop. Dançante e romântico sem deixar de ser rock n’ roll. Som perfeito para as pistas de danças e que ao mesmo tempo pode tocar nas rádios comerciais de rock.

Destaque para as faixas:  Sex, The Chamber, New York City, Strut, Frankenstein, Ooo Baby Baby

 

Continue lendo a nossa postagem…


Smashing Pumpkins – Adore (1998)

adoreNuma época (1998) onde todas as bandas e artistas de rock estavam com pé forte na música eletrônica, Garbage, REM, U2, Lobão como alguns exemplos a serem citados, o Smashing Pumpkins vinha de uma grandiosa e também traumatizante turnê do multi platinado Mellon Collie and the Infinite Sadness, onde a grande baixa tinha sido a saída de Jimmy Chanberlain por problemas com abuso de drogas.

Billy Corgan se via então sem a sua alma músical nas baquetas e ainda passava um momento pessoal muito difícil (sua mãe com quem teve um convívio muito conturbado estava em estado terminal de câncer e acabara de findar o seu casamento), Billy já vinha dizendo desde a morte de Kurt Cobain que o rock estava morto e que o sucessor de Mellon Collie seria sobre músicas soturnas e com uma volta a forma de se compor música antes do advento do rock n’ roll e do blues.

Continue lendo a postagem…